É difícil imaginar o cinema sem música - principalmente porque ele nasceu e se desenvolveu ao lado dela. Mesmo antes da invenção do som no cinema, já existiam trilhas sonoras acompanhando os filmes mudos que eram exibidos. E aqueles artistas que tocavam num piano na sala de exibição precisavam saber que melodia tocar para acompanhar as emoções que o filme passava à platéia - normalmente de comicidade. Logo, porém surgiram aqueles diretores e produtore que enviavam junto com o rolo de filme a partitura das músicas a serem tocadas em cada parte do filme. Olhando-se para alguns dos mais célebres filmes da história do cinema, é difícil imaginar alguns deles sem a música que indissociavelmente faz parte deles.
Como imaginar Scarlett e Gerald O'Hara, á sombra de um carvalho em Tara sem a melodia de Max Steiner? Como conceber que o Tubarão, máquina de matar dos mares, se aproxime de suas vítimas sem os acordes de John Williams. São apenas dois exemplos, mas muitos mais caberiam nessa breve introdução. Deixemos que os artigos abaixo falem sobre isso. Alguns sáo de autoria da própria equipe Enciclopédia do Cinema Mundial. Outros, seguindo a proposta do site, são escritos para outros sites de cinema, com seus autores e sites de origem devidamente creditados. Coloque aquele bom Cd de música de cinema no seu computador e embarque nessa viagem.

As Mais Inesquecíveis Trilhas Sonoras em 100 Anos de Cinema para Você Ouvir .mp3 )

Artigos Relacionados

>>A TRILHA SONORA NO CINEMA - de 1930 a 1960 - por Fillipe Salles

>>DA NATUREZA E POSSÍVEIS FUNÇÕES DA MÚSICA NO CINEMA -por Mauro Giorgetti

>>DO RELACIONAMENTO E DA INTERDEPENDÊNCIA ENTRE DIRETOR CINEMATOGRÁFICO E COMPOSITOR - por Mauro Giorgetti

>>O EMPREGO DA MÚSICA JÁ EXISTENTE - por Mauro Giorgetti

>>A MÚSICA COMO PERSONAGEM -por Mauro Giorgetti